About

ClioHost

VERGONHOSO: NA CONTRAMÃO DOS MUNICÍPIOS VIZINHOS, PREFEITA DE SÃO JOÃO DOS PATOS NÃO DISTRIBUI NEM UMA SARDINHA PARA FAMÍLIAS CARENTES DO MUNICÍPIO

Sabemos que a distribuição de peixes e cestas básicas, já virou tradição em diversos municípios do país, e na região do médio sertão não seria diferente.

Em uma cidade vizinha, o gestor distribuiu 3 mil kilos de peixes, em uma ação solidária e humana, e acima de tudo, mantendo a tradição, pois sabemos que com a crise que assola o país, nem todos tem o recurso para comprar o alimento " tradicional " da semana Santa, ou seja, o peixe.

Já em Paraibano, o gestor distribuiu mais de 1,500 cestas básicas, e fez a alegria de grande parte da população, além, de entregar alimentos da agricultura familiar através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e ainda fez a entrega de ovos da Páscoa para as crianças de vários bairros do município.

Em PASTOS BONS, a gestora participou da tradicional fabricação de bolos, para entregar às famílias carentes, e fez a entrega de centenas de cestas básicas, mostrando carinho e apreço pela população de sua cidade, que agradeceu ao gesto humano e social.

Já na contramão de vários municípios, a Prefeita de São João dos Patos, não realizou nem a entrega de peixes e nem a distribuição de cestas básicas. Sabemos que todos os municípios passam por crises, com despesas e baixa arrecadação, além da constante diminuição do FPM, porém, as famílias carentes da cidade, mereciam essa "pequena grande" ação.

Em mais um período e data de realizações de ações sociais e reflexão para com a vida do próximo, podemos notar a falta de sensibilidade da atual gestão, com grande parte da população Patoense.

" Um kilo de peixe, talvez seja pouco pra você muito tem, porém, é muito, para aqueles que pouco ou nada tem".

“Garantir o almoço da Semana Santa para as famílias”; “garantir uma ceia digna e de qualidade”; “fazer uma nova cidade e proporcionar sempre o melhor”. Essas são algumas das justificativas utilizadas por prefeitos, para à doação de peixes e alimentos a moradores de suas localidades.

REAIS NOTÍCIAS

Postar um comentário

0 Comentários