About

ClioHost

Sessão da Câmara de Benedito Leite foi marcada por assuntos polêmicos, debate acalorados e aprovação de projetos.



A sessão da Câmara Municipal de Benedito Leite, realizada nesta última sexta-feira 10/11, foi marcada por debates e a manifestações acaloradas tanto por parte dos vereadores quanto por parte da população que se fazia presente assistindo a sessão.
Como destaque na pauta do dia, à aprovação dos projetos de Lei; LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias, LOA - Lei Orçamentaria Anual e o Projeto de Lei 08/2017, que cria 53 cargos a serem preenchidos provenientes de concurso público a ser realizado pelo município, o que não faltou foi discussão durante a sessão.
Logo no início dos trabalhos, o presidente da câmara, vereador Baltazar Ribeiro disse que “A tribuna livre”, um espaço concedidos aos cidadão durante a sessão onde os mesmos possam se pronuncia não seria permitida na sessão desta sexta-feira, 10/11. O que logo no começo causou muita insatisfação e revolta na população que queria se manifesta contraria à alguns pontos do projeto de Lei 08/2017, principalmente a quantidades de vagas a serem oferecidos e a remuneração de algumas categorias.
Iniciado os trabalhos, os vereadores votaram e aprovaram os dois primeiros projetos de Lei, a LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias e a LOA – Lei Orçamentaria Anual e em seguida começaram a discutir o projeto de Lei Nº 08/2017 que cria vagas a serem preenchidas através de concurso público a ser realizado pelo município.  Com dois principais pontos do projeto de Lei Nº 08/2017 sendo discutido e sem chegarem a um consenso, os vereadores resolveram adiar a votação do projeto para a próxima sessão que acontecerá na próxima sexta-feira, 17/11. Para os vereadores, o projeto que veio do executivo que cria as vagas do concurso público tem que ser melhorado em principalmente dois aspectos; o primeiro é a quantidade de vagas oferecidas à algumas áreas, e o segundo é referente ao salário de alguns profissionais.


   

Postar um comentário

0 Comentários